É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página. Clique aqui para mais informação.

Notícias

Curso FORMAÇÃO DE PERITOS QUALIFICADOS NO SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO DE INFESTAÇÃO POR TÉRMITAS – SCIT

Estão abertas inscrições para o Curso de FORMAÇÃO DE PERITOS QUALIFICADOS NO SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO DE INFESTAÇÃO POR TÉRMITAS – SCIT que vai decorrer de 3 a 8 de Setembro am Angra do Heroísmo (Faculdade de Ciências Agrárias e Ambiente), numa organização do Grupo da Biodiversidade dos Açores

Os candidatos têm de enviar para paulo.av.borges@uac.pt uma pré-candidatura até 28 de junho de 2018 com:

- Carta de Motivação

- Curriculum Vitae

- Certificado de Licenciatura

 

DETALHES:

Polo: Angra do Heroísmo
Duração: 45 horas
Calendarização: 3 a 8 de Setembro de 2018
N.º de vagas: 16
N.º mínimo de participantes: 13
Nível: Avançado

Custo: 1300 euros + 15 eros de emolumentos
Formadores: 

-Prof. Paulo A. V. Borges (Docente da Universidade dos Açores – Dep. de Ciências e Engenharia do Ambiente – cE3c – Grupo da Biodiversidade dos Açores)

-Prof. Lina Nunes (Laboratório Nacional de Engenharia Civil;  cE3c – Grupo da Biodiversidade dos Açores)

-Prof. David Horta Lopes (Docente da Universidade dos Açores – Dep. de Ciências e Engenharia do Ambiente – cE3c – Grupo da Biodiversidade dos Açores)

-Prof. Ana Moura Arroz (Docente da Universidade dos Açores – Dep. de Ciências da Educação – cE3c – Grupo da Biodiversidade dos Açores)

-Doutora Sónia Duarte, – cE3c – Grupo da Biodiversidade dos Açores

-Eng. Orlando Guerreiro, -– cE3c – Grupo da Biodiversidade dos Açores

 

1.    Objetivos

Os peritos devem obter competência nos seguintes domínios:

- Avaliação da presença e extensão de infestação por térmitas e outros insetos xilófagos, e identificação da espécie envolvida;

- Análise da vulnerabilidade dos edifícios à infestação por térmitas e outros insetos xilófagos;

- Certificação das operações de desinfestação.

 

Os Formandos deverão no final da formação:

  • Ter capacidade de identificar as principais ordens de insetos e outros artrópodes habitualmente presentes em construções;
  • Ter capacidade de identificar os principais grupos de organismos vivos que degradam madeira aplicada;
  • Compreender aspetos da biologia das espécies de térmitas que ocorrem nos Açores;
  • Conhecer as diversas formas de inspeção em habitações e madeiras abandonadas e o seu impacto no ambiente e zonas urbanas;
  • Ter noção de diversas formas de combate e gestão de pragas (térmitas e outras);
  • Conhecer a nova Legislação de combate às térmitas nos Açores (regime jurídico do combate à infestação por térmitas SCIT).

2.    Conteúdos

 

  1. Diversidade e bases de identificação dos insetos
  2. Identificação dos principais grupos de organismos vivos que degradam madeira aplicada
  3. Biologia e ecologia das espécies de térmitas dos Açores
  4. Inspeção e deteção de térmitas e outros insetos xilófagos
  5. Observação do habitat das diferentes espécies e formas de entender a sua localização
  6. Formas de combate e gestão das espécies, através da apresentação de diversas tecnologias e métodos
  7. Apresentação do Sistema de Certificação de Infestação por Térmitas (SCIT)
  8. Inspeção e deteção de térmitas e outros insetos xilófagos
  9. Avaliação Téorica

 

Publicado a, 12 de Junho de 2018. Fonte: Grupo da Biodiversidade dos Açores

Voltar ao ínicio da página
AGRADECIMENTOS:
A todos os cidadãos entrevistados no âmbito deste projecto;
A Enésima Mendonça, Nuno Gonçalves, Paulo Cristóvão, Pedro Cardoso e Timothy Myles pelas fotografias cedidas;
A todos os que testaram esta página contribuindo com valiosas sugestões;
À Direcção Regional da Ciência e Tecnologia pelo financiamento do Projecto "TERMIPAR".
drct BioDiversidade Cita
Webdevelopment © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados.