É necessário a instalação do Flash Player para conseguir visualizar correctamente esta página. Clique aqui para mais informação.

PREVENÇÃO: Não tem térmitas e quer evitá-las

Existe um conjunto de medidas que ajudam a evitar uma infestação por térmitas de madeira seca. A selecção das medidas mais adequadas ao seu caso, em particular, depende da situação em que se encontra:

Vai construir:

Pense bem na selecção dos materiais a empregar tanto nas infraestruturas, quanto nos revestimentos e acabamentos. Pode optar por:

Substituir a madeira por outros materiais de construção como:

Lajes de betão ou metálicas (infra-estruturas de telhado); painel sandwich, painel de fibro-cimento sem amianto (cobertura de telhados); peladur PVC (revestimento de telhados); tijoleira e outros materiais cerâmicos, soalhos flutuantes sintéticos (pavimentos); lajes de betão, vigas metálicas com placas viroc (infra-estruturas de pisos); pvc, alumínio (portas e janelas).

Tecto de metal. Cimento e metal a separar os vários andares. Construção com cimento e blocos.

Construir em madeira pré-tratada:

Construir em madeira pré-tratada na origem ou na obra. Se for o caso da madeira vir tratada da origem, certifique-se de que foram submetidas a tratamento industrial com um termicida por imersão, injecção com duplo vácuo ou impregnação em autoclave por vácuo e pressão. Se a madeira for tratada na obra, certifique-se de que são submetidas a imersão ou pincelagem com um termicida.

Obter madeira pré-tratada. Madeira resistente grapia ou massarundumba

Vai comprar casa:

A compra de um imóvel nos Açores, particularmente nas cidades mais afectadas, acarreta cuidados especiais. O comprador deve fazer ele próprio uma pequena vistoria à procura de sinais indicadores da presença de térmitas e em caso de suspeita deve pedir uma vistoria técnica adequada. Pode ainda contactar a empresa de Pest-Control da sua área e tentar indagar sobre o registo de tratamentos prévios na habitação a adquirir. Se a casa teve uma infestação de térmitas que foi debelada, tente garantir uma monitorização adequada junto dessa empresa.

01. Observação de indícios como pequenos montículos de pelotas fecais. 02. Investigar o que se passa com os móveis e procurar galerias. 03. Pedir uma inspeção detalhada e especializada.

Quer proteger a sua casa:

Um proprietário prevenido consegue impedir que a sua habitação venha a ter uma infestação grave por térmitas. Para tal deve proceder à:

Observação e detenção periódica de indícios (asas espalhadas pelo chão ou pelotas fecais no chão). Montar armadilhas luminosas para alados nos meses de Maio a Agosto. Impermeabilização de madeiras. Aplicação sazonal de termiticidas.

Mantenha-se igualmente informado do estado de infestação das habitações que rodeiam a sua, para assim tomar medidas mais agressivas na altura dos alados (Maio a Agosto). Nesse caso é critico que evite ter janelas abertas na Primavera e Verão sem estarem devidamente protegidas com redes finas.

IMPORTANTE: Os móveis podem ser o veiculo mais importante na dispersão da praga. Certifique-se que as peças de mobiliário, arte, livros e outros artefactos que adquire não estão infestadas. Não transporte peças de mobiliário para outras habitações ou para outras ilhas. Tenha um cuidado especial com peças de mobiliário vindos dos Estados Unidos.

Voltar ao ínicio da página
AGRADECIMENTOS:
A todos os cidadãos entrevistados no âmbito deste projecto;
A Enésima Mendonça, Nuno Gonçalves, Paulo Cristóvão, Pedro Cardoso e Timothy Myles pelas fotografias cedidas;
A todos os que testaram esta página contribuindo com valiosas sugestões;
À Direcção Regional da Ciência e Tecnologia pelo financiamento do Projecto "TERMIPAR".
drct BioDiversidade Cita
Webdevelopment © Via Oceânica 2008 - Todos os direitos reservados.